A Organização das Nações Unidas para a Educação elegeu 2008 como “O Ano do Planeta”. Tal iniciativa representa, mundialmente, um marco histórico de máxima relevância para um direcionamento energético das ações humanas em favor da preservação ambiental, da conservação dos recursos naturais e da qualidade de vida.

A Unesco convidou cientistas, políticos e empresários para participarem dos debates com “estudantes do mundo inteiro” com a finalidade de “atrair os jovens às geociências” atentando-lhes para a importância das “Ciências da Terra”.

Os lideres políticos, por sua vez, serão encorajados a utilizar o conhecimento científico na “criação de suas políticas nacionais” em promoção ao evento da ONU para o desenvolvimento sustentável.

Este projeto científico congrega doze importantes organizações fundadoras, além de mais de 25 instituições científicas associadas. Muitos países, através de suas comunidades científicas e por declaração escrita manifestaram apoio ao grandioso projeto.

No Brasil “O Ano do Planeta” tem gerado importantes iniciativas por parte de empresas de iniciativa privada, mas também cresce o número de medidas ambientais por parte de empresas públicas. Durante todo o ano vários eventos de natureza ambiental ocorrerão em nosso país e em várias instituições no mundo, dentre elas a promoção das “Ciências da Terra”.

Neste contexto, uma atenção especial deverá ser foco de todos os cidadãos eleitores uma vez que a questão ambiental poderá ser decisiva na escolha de governantes e parlamentares nas próximas eleições no mundo inteiro, no caso do Brasil, já em outubro deste ano.

Somos todos convidados a fazer parte deste grande projeto do planeta.
Convide sua turma, sua família, sua comunidade escolar e, juntos, criem um inteligente projeto de ação ambiental.